MÊS DO HORROR: Ex-Fumantes Ltda. – Stephen King

Todas as quintas-feiras durante o Mês do Horror, eu e a Isa do blog Dicas da Isa, combinamos de fazer pequenas impressões de contos de horror, mistério e morte, porém, devido à circunstâncias da vida, os nossos posts estão saindo hoje, com um dia de atraso. Desculpa gente, tava comendo bolo, doces e salgados de aniversário da minha irmã.

Preciso dizer que adorei a interação dos seguidores que participaram da enquete que fiz lá no stories do Instagram para escolher o conto da semana, as opções ficaram entre King e Lovecraft e escolheram King e entre os contos “UR” e “Ex-Fumantes Ltda.” o último ganhou, então já que vocês pediram, vamos conversar um pouco sobre esse conto que está presente na que é considerada por muitos como melhor antologia de contos do mestre, “Sombras da Noite”.

EX-FUMANTES LTDA.
Pare de fracassar e virar fumaça! 237 East 46th Street
Tratamentos com hora marcada

Dick Morrison é um fumante inveterado, daqueles que até já tentaram parar de fumar, sempre sem muito sucesso, largando o vício por algumas horas no máximo. Casado e com um filho pequeno que sofre de deficiência intelectual, o personagem vê no cigarro uma forma de relaxamento e de abstrair os problemas do trabalho, da vida e o fato de ter um filho deficiente, o que para ele é um fardo pesado demais para ser carregado.

Certo dia, Morrison encontra um amigo em um aeroporto e se aproxima para colocar a conversa em dia enquanto o horário para o voo desse amigo não chega. Nessa pequena conversa ele descobre que esse seu amigo que fumava desde quando ele consegue se lembrar, finalmente conseguiu largar o vício, além disso, seu amigo está um tantinho acima do peso e ele era bem magrinho antes, o amigo agora é um empresário bem sucedido e casado com uma mulher linda. Tudo isso deixa Morrison com uma pitada de inveja, afinal, seu amigo aparentemente deu certo em todos os pontos que sua vida desandou.

Ao se despedir de Morrison, seu amigo lhe entrega um cartão de uma empresa chamada Ex-Fumantes Ltda. e diz que ela foi a responsável por ele ter parado de fumar e que sua margem de sucesso em seus pacientes é de 98%. Morrison questiona o amigo acerca dos métodos utilizados pela empresa para fazer o paciente parar de fumar, porém, seu amigo não diz, afirmando que está impossibilitado de divulgar o método por ter assinado um contrato que o impede.

É bacana aqui notar a referência que o autor faz à obra de Anthony Burgess, quando se utiliza da curiosidade de Morrison para falar sobre tratamentos que se utilizam de métodos de aversão, justamente o que ocorre no incrível “Laranja Mecânica”.

Espere um segundo — Morrison disse. Fez um sinal, pedindo um outro drinque, e acendeu um cigarro. — Por acaso esses caras te amarram e te fazem fumar até vomitar?

Meses se passam e a vida de Morrison continua igual, até que certo dia ele encontra o cartão da tal empresa e resolve arriscar, iniciando assim seu tratamento para largar o cigarro para sempre! O tratamento é ministrado por Donatti, um homem focado em sua função e terrivelmente frio, atributo mais que necessário para uma pessoa que ministra um tratamento como aquele oferecido pela empresa.

O caminho para alcançar a cura não é nada fácil, os métodos utilizados no tratamento são questionáveis e extremamente cruéis, você fica de queixo caído quando é revelado o motivo pelo qual 98% dos pacientes não voltam a fumar e ainda mais chocado quando descobre o que acontece com os 2% que falham no tratamento, não vou aqui dar detalhes nem do tratamento, nem do que acontece com os 2%, pois seria estragar a experiência do conto, mas garanto que é de fazer o queixo cair.

Na minha interpretação o conto serve mais para os não fumantes do que para os viciados em si, King aqui quer mostrar que largar vícios não é fácil ou simples, não basta somente alguém jogar na sua cara que aquilo acaba com a sua saúde e que você deveria parar, é necessária uma enorme força de vontade do próprio viciado e intervenção médica e psicológica no processo.

É claro que a intervenção proposta pela Ex-Fumantes Ltda. é uma intervenção bem característica do autor, mas até o cruel tratamento tem uma função aqui, abrir os olhos de Morrison para os danos que ele causa aos outros quando coloca um cigarro na boca consciente de que está destruindo seus pulmões. Esse conto daria fácil um episódio incrível de “Black Mirror”.

Espero que tenham gostado do conto, nesse final de semana eu devo fazer uma nova enquete lá no stories do Instagram para que vocês escolham o próximo. Não deixe de comentar sua interpretação do conto, vou adorar conhecer a sua e agregar mais significados para esse instigante conto do autor.

Compre a coletânea “Sombras da Noite” clicando aqui e colabore com o blog 🙂

Quantos cafés sem cigarros para acompanhar, “Ex-Fumantes Ltda.” merece?

3 comentários sobre “MÊS DO HORROR: Ex-Fumantes Ltda. – Stephen King

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.