#1ANOCOMH.P.LOVECRAFT: A SOMBRA SOBRE INNSMOUTH

Esse ano, motivados pela vontade de conhecer mais a escrita de H.P. Lovecraft, eu e a Isa do Dicas da Isa, nos unimos ao Charles do Triplo Books para lançar um desafio de leituras coletivas mensais com obras do autor.

Em Janeiro, lemos juntos os contos “Dagon” “O Forasteiro”, em Fevereiro lemos o conto mais famoso do autor “O Chamado de Cthulhu” e em Março foi a vez de “A Cor que Caiu do Espaço” , o conto escolhido para o mês de abril foi “A Sombra Sobre Innsmouth” e é sobre ele que falarei hoje!

“A Sombra Sobre Innsmouth” (1931) foi a única obra de H.P. Lovecraft publicada enquanto o autor ainda era vivo, inicialmente idealizada para ser uma obra publicada na revista Weird Tales em diversas partes, a história só foi publicada em formato de livro em 1936, com uma tiragem ridiculamente pequena, menos de um ano após a publicação o autor veio a falecer.

O conto narra o relato do jovem Robert Olmstead que após alcançar a maioridade decide partir de mochilão pela Nova Inglaterra em uma aventura para apreciar arquitetura, antiguidades e descobrir um pouco mais acerca de sua árvore genealógica. Durante essa viagem o jovem acaba escutando acerca de um lugar chamando Innsmouth, lugar este que muitos evitam falar e consideram não só amaldiçoado como infestado de habitantes repulsivos.

Motivado pela curiosidade, Robert decide passar uma tarde no vilarejo portuário em ruínas de Innsmouth e começa a desbravar o lugar e conhecer sua história contada por forasteiros que trabalham no local, uma vez que os residentes se mostram extremamente esquivos.

O vilarejo portuário já foi próspero um dia, porém após uma grande e misteriosa epidemia ocorrida em 1846, quando mais da metade da população de Innsmouth foi dizimada, deixou o vilarejo em condições lamentáveis e reduziu significantemente o número de habitantes e assim, aquela que foi uma região próspera passou a ganhar traços de assombrada.

Essa misteriosa epidemia conferiu características exóticas aos poucos habitantes restantes do vilarejo e essas tais características só afugentam e fazem crescer ainda mais os boatos de que o local não é uma recomendação turística aconselhável. Mesmo ciente de todos esses fatos, o jovem segue movido pela curiosidade e começa a constatar os fatos por si mesmo.

Aquelas peculiaridades não eram asiáticas, polinésias, levantinas nem negroides. Quanto a mim, a primeira ideia que me ocorreu foi a de degeneração biológica.

Em meio a sua andança por Innsmouth, Robert consegue convencer o velho e mais antigo residente de Innsmouth, Zadok Allen e contar-lhe mais acerca da história do vilarejo e é a partir do relato de Zadok que a paranoia, o horror e o medo se instauram de vez na mente do personagem e do leitor em uma luta desesperada para escapar de Innsmouth o mais rápido possível, o problema é que o único ônibus que parte e entra no vilarejo apresentou defeitos e só tornará a funcionar no dia seguinte.

“A Sombra Sobre Innsmouth” é o conto mais longo que lemos até o momento durante o projeto #1AnoComHPLovecraft e, pelo menos para mim, o mais cansativo até agora, pois do momento da descoberta de Robert sobre o passado de Innsmouth até a conclusão do conto, acompanhamos a fuga do personagem e essa parte ao meu ver ficou um tanto quando maçante.

Porém, essa parte não tira o mérito da história que faz referência aos contos que já lemos durante o projeto, como o “O Chamado de Cthulhu” e “Dagon” que é o centro do que aconteceu com o vilarejo de Innsmouth. Novamente aqui a narrativa de Lovecraft nos mantém cativos na situação que o personagem narrador está passando e como já pude notar, estar cativo em qualquer situação criada pelo autor não é lá uma coisa muito boa. Eu até brinquei com meus parceiros de projeto que definitivamente não gostaria de ser nenhum dos personagens narradores dos contos do autor e aqui não é diferente e a conclusão do conto só serviu para reforçar a minha certeza.

Quantos cafés “A Sombra Sobre Innsmouth” merece?

3 comentários sobre “#1ANOCOMH.P.LOVECRAFT: A SOMBRA SOBRE INNSMOUTH

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.