EDITORA PENALUX 6 ANOS – MINHAS INDICAÇÕES

Hoje a Editora Penalux, parceira do blog, está completando 6 anos de existência e para comemorar a data, decidi indicar cinco livros publicados pela editora, livros que tive o prazer de ler e posso indicar com propriedade.

Para quem não conhece, a Penalux é uma editora nacional que investe na publicação de novos autores, dando-lhes a possibilidade de publicar sem custos de edição; o fato da editora trabalhar com pequenas tiragens possibilita o atendimento das necessidades de demanda de cada autor. Porém, a editora não trabalha apenas com novos autores, ela também já trouxe diversas traduções inéditas para o nosso país, inclusive, no momento estão organizando uma pré-venda da obra “Mil Mortes & Outras Histórias” do autor norte-americano Jack London, um trabalho inédito no Brasil!

O catálogo da editora é bem diversificado e contempla contos, micro-narrativas, crônicas, romances e poesias, nesse pouco tempo de parceria que tive com a editora, pude conferir diversas obras incríveis e se eu fosse você pegaria um papel e caneta e anotaria as minhas 5 dicas que seguem.

1 – Quente, Feito Tequila – Brendow H. Godoi

Como primeira indicação, eu não poderia escolher uma outra obra que não “Quente, Feito Tequila” do autor Brendow H. Godoi, pois sem dúvida alguma foi até o momento a leitura mais surpreendente do ano. Além da resenha do livro, você pode conferir a primeira entrevista que fiz aqui no blog com o autor da obra.

“Quente, feito Tequila” é um livro impressionante em diversos aspectos, a obra não é intensa apenas por abordar o mundo da prostituição, do lesbianismo e do sexo, Tequila é uma personagem pólvora que explode com qualquer fagulha, não que seja explosiva, a personagem é o caos personificado. Literatura nacional incrível escrita por um autor que você deveria ficar de olho!

2 – Tudo que Afeta o Movimento – Luciano Portela

A minha segunda indicação foi uma das minhas primeiras leituras de obras da editora e eu lembro de ter lido em uma tacada só. O “Tudo que afeta o movimento” é um livro de leitura fácil, fluída, divertida, instigante, construtiva e transformadora, onde o autor praticamente nos entrega uma análise sobre relacionamentos  em forma de quebra-cabeças, onde o leitor precisa entender o ponto de vista de cada personagem para formar um todo e nos mostra que precisamos nos aprofundar em detalhes para realmente ver e entender o que de longe parece bonito; além de deixar uma coisa muito clara nas entrelinhas: não há relacionamento algum sem diálogo.

3 – O Grande Deus Pã – Arthur Machen

Esse sim foi o primeiro livro que li da editora, quando ainda nem tínhamos uma parceria. A obra que influênciou autores que figuram na minha lista de autores favoritos, como Stephen King e H.P. Lovecraft, é sem dúvidas uma das pérolas do catálogo da editora. “O Grande Deus Pã” é um livro de terror que comprova aquele ditado de que quanto maior o frasco, mais forte o veneno é, o livro é curto e de uma intensidade gigante, ouso dizer que a editora deveria colocar um aviso de que esse livro não deveria, sob hipótese alguma, ser ligo durante a noite.

4 – Conexão Hirsh – Carlos Romero Carneiro

Não é novidade pra ninguém que eu amo ficção-científica e a minha penúltima indicação é justamente um sci-fi nacional que eu particularmente indico para pessoas que não gostam muito ou querem começar a se aventurar pelo gênero. “Conexão Hirsch: Nostalgia, Obsessões e Viagens no Tempo” é um ótimo romance de estreia e uma ótima opção para quem quer começar a ler livros que abordem aspectos de ficção científica sem ser tão cabeçudos ou recheados de conteúdo técnico. Eu com toda a certeza vou ficar de olho nos próximos lançamentos do autor.

5 – Assovie que Virei & Outras Histórias – M.R. James

Decidi encerrar minhas indicações com essa coletânea de histórias de fantasmas maravilhosa! “Assovie que Virei (Histórias de Fantasmas)” é uma seleção excelente de contos de fantasmas, eu duvido que você passe ileso(a) pela leitura desses cinco contos, pois é absolutamente incrível a forma com que o autor consegue nos fazer ter empatia com os personagens e entrar de verdade na história. Além disso, contos são muito mais difíceis de serem escritos do que romances, você precisa sintetizar uma história, construir muito bem os personagens para que o leitor seja atingido por toda a carga que o autor idealizou e M.R. James faz isso magistralmente nesses cinco contos.

Espero que tenha gostado das minhas indicações de alguns dos diversos títulos da editora, não deixe de conferir todo o catálogo no site oficial e vamos valorizar uma editora tão bacana que valoriza o trabalho nacional e sabe que “livros iluminam”!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.