TAG DOS 50%

O mundo todo já respondeu a TAG dos 50% criada pelo Victor Almeida do canal Geek Freak, mas como diria minha mãe: – Você não é todo mundo! Então, no post de hoje vou responder a Tag que consiste em um resumão/balanço das leituras do primeiro semestre de 2018.

MELHOR LIVRO DO PRIMEIRO SEMESTRE

Sinto muito, mas não será possível citar apenas um livro, pois 2018 tem sido um ano de leituras incríveis, então, minha resposta para essa pergunta serão as minhas três melhores leituras do primeiro semestre.

Quente, Feito Tequila,  que é um livro nacional incrível escrito pelo autor Brendow H. Godoi e que eu já te pedi para ler zilhões de vezes e de diversas formas, com a minha resenha do livro, com a entrevista que fiz com o autor e até sorteei um exemplar durante o #JulhoNacional, evangelizando mesmo, pois literatura nacional de qualidade precisa ser exaltada, amém? Hibisco Roxo o primeiro romance que li da rainha Chimamanda e que me rendeu várias lágrimas durante a leitura e Kindred: Laços de Sangue que li durante o especial #MaioScifi e me deixou extremamente surpreso com a qualidade da escrita da Octavia Butler e se tornou um dos livros de sci-fi favoritos da vida.

MELHOR CONTINUAÇÃO

O primeiro semestre do ano não foi muito de continuações, decidi deixar as sagas um pouco de lado e priorizar livros únicos, as únicas continuações que li foram a de quadrinhos e com toda a certeza a melhor foi a quinta temporada de Quadrinhos A2 que sempre me divirto horrores lendo.

LANÇAMENTO DO PRIMEIRO SEMESTRE QUE AINDA NÃO LEU

Eu sou um pouco desligado com datas de lançamentos de livros, de cabeça lembro que queria muito ler “A Assombração da Casa da Colina” da autora Shirley Jackson, pois o lindo do King vive mencionando essa mulher e eu nunca li nada dela, me contem aí, ele tá certo mais uma vez?

MAIS AGUARDADO DO SEGUNDO SEMESTRE

Vou citar aqui duas obras que eu quero ter em mãos logo e que serão lançadas no segundo semestre, trata-se do livro de estreia do autor nacional e amigo Paulo Souza, o “Clarice, a última Araujo” que será lançado em breve pela Editora Penalux e o novo romance do meu autor favorito da vida, só vem “Elevation” notem que a Editora Suma nem confirmou ainda que vai ter tradução ainda esse ano, mas eu já estou gritando que quero!

Um pouco sobre “Clarice, a última Araujo”

Apresentação: Em seu romance de estreia, “Clarice, a última Araújo”, Paulo Souza nos remete a um mundo místico de querubins e anjos. […] A estória é engendrada entre o encanto de um querubim por uma linda mortal, e isso marca o enredo da trama, que apresenta temas importantes e verdadeiros como: prostituição infantil, corrupção, hipocrisia, amor e política. O sonho de conhecer a chuva faz a pequena e formosa menina Clarice ser ludibriada pela experiente cafetina, Joana Critério, que a leva para morar na capital cearense. A ilusão prometida de uma vida melhor é argumento comum, usado por aliciadores de menores para iniciar meninas no submundo da prostituição infantil. A menina sonhadora fugia da praga da seca provocada, segundo se dizia, por uma de suas antepassadas que, ao se deitar com um querubim, trouxe a maldição para sua cidade natal, Novo Oriente, que, desde o acontecido, nunca mais recebera uma só gota de água dos céus. […] Paulo Souza soube, com mestria, dar ritmo e fluidez às palavras […] Uma leitura agradável e envolvente nos faz entrar no mundo mágico e dolorido de Clarice. [por DANIEL BARROS, escritor]

Um pouco sobre “Elevation”

Sinopse: Embora Scott Carey não pareça diferente, ele está perdendo peso constantemente. Há algumas outras coisas estranhas também. Ele pesa o mesmo em suas roupas e fora delas, não importa o quão pesado elas sejam. Scott não quer ser cutucado e cutucado. Ele só quer que alguém mais saiba e ele confia no doutor Bob Ellis.

Na pequena cidade de Castle Rock, cenário de muitas das histórias mais icônicas de King, Scott está envolvido em uma pequena – mas crescente batalha – com as lésbicas da vizinhança cujo cachorro regularmente deixa seus negócios no gramado de Scott. Uma das mulheres é amistosa; a outra, fria como gelo. Ambas estão tentando inaugurar um novo restaurante, mas o povo de Castle Rock não quer nada de um casal gay, e o lugar está em apuros. Quando Scott finalmente entende os preconceitos que elas enfrentam – incluindo o dele – ele tenta ajudar. 

DECEPÇÃO DO PRIMEIRO SEMESTRE

A minha decepção de 2018 é uma leitura incrível pra muita gente e por isso peço desculpas desde já, me sinto bem culpado e triste por não ter achado a leitura de “A Amiga Genial” tão incrível como muita gente achou. A amizade tóxica entre as personagens principais foi o ponto que mais me causou incomodo durante a leitura.

SURPRESA DO PRIMEIRO SEMESTRE

Não vai ter jeito, vou ter que citar o Brendow aqui de novo, eu fiquei embasbacado com a escrita desse menino, com a capacidade dele de falar sobre o universo feminino, construir uma personagem de personalidade forte, lésbica, prostituta e com tanta verossimilhança quanto a Tequila do sensacional “Quente, feito Tequila”, caso eu ainda não tenha dito isso vezes o suficiente, LEIA ESSE LIVRO!

NOVO AUTOR FAVORITO

Para essa pergunta temos meus dois novos amores do sci-fi: Octavia Butler e Arthur C. Clarke, eu queria incluir um nome de outro amor do sci-fi, mas não consegui terminar a leitura ainda, então, Frank Herbert não fica triste!

QUEDINHA LITERÁRIA MAIS RECENTE

Eu não tenho muito isso de ter queda por personagens literários, só tenho quedas por pessoas reais mesmo, aliás, um crush só ❤

PERSONAGEM FAVORITO MAIS RECENTE

Eu amo duas personagens femininas, a Tequila de “Quente, feito Tequila” e a Dana de “Kindred: Laços de Sangue” são mulheres fortes, determinadas, cheias de defeitos e virtudes e que não abaixam a cabeça para macho escroto, como não amar?

LIVRO QUE TE FEZ CHORAR

HIBISCO ROXO! Nem precisei pensar muito para responder essa pergunta, Chimamanda fez eu chorar horrores com a estória! Caso ainda não tenha lido a minha resenha, clique aqui! Mas não foi só a Chimamanda que me fez chorar, o senhor David Levithan também me emocionou com seu “Todo Dia”! Ambos os títulos foram leituras coletivas com o pessoal do #PactoLiterário!

LIVRO QUE TE DEIXOU FELIZ

O delicioso “Quinze Dias” do Vitor Martins foi uma leitura que fiz durante um momento complicado e me encheu o coração de felicidade, é tão bom quando pegamos livros certos na hora certa e caso você esteja passando por algum momento difícil e queira fazer uma leitura leve e que com certeza vai te tirar da bad e trazer um quentinho para o seu coração, leia “Quinze Dias”!

MELHOR ADAPTAÇÃO CINEMATOGRÁFICA

A única adaptação que posso responder aqui é a de “Jogador Número 1”, pois foi a única adaptação que eu assisti ao filme e li o original. Eu gostei bastante do longa, mesmo com as diferenças entre ele e o material fonte, ainda acho que o romance continua sendo o ponto fraco em ambos os casos.

RESENHA FAVORITA

Essa pergunta eu vou roubar, já que eu não roubei em nenhuma até agora, e vou repassar para você, qual foi a sua resenha favorita do blog no primeiro semestre hein? Eu particularmente tenho um carinho especial pela resenha de “Quente, feito Tequila”, pois eu constatei interesse de muita gente pela obra depois de ler a resenha, teve até leitor do blog que comprou o livro e isso é lindo!

LIVRO MAIS BONITO QUE VOCÊ COMPROU OU GANHOU

Eu sou péssimo com datas, como eu já disse, mas eu posso dizer de cabeça que ganhei a nova edição de “A Incendiária” e o novo romance “Outsider” do Stephen King e ambas as edições estão lindas e tudo que o King faz é lindo e comprei a Graphic Novel “Retalhos” que também é lindíssima!

QUAIS LIVROS VOCÊ QUER MUITO LER NO SEGUNDO SEMESTRE

Eu quero muito conseguir concluir a leitura de DUNA, eu estou amando o universo criado por Frank Herbert de uma forma que só consigo pegar o livro para ler quando não há interferências que possam atrapalhar minha leitura e ultimamente o que tem mais acontecido por aqui são interferências. Também quero muito ler “Cujo”, “Outsider” e “Cemitério” do Stephen King ainda esse ano, “Um Milhão de Finais Felizes” do Vitor Martins e estou bem curioso para ler os livros do Marcus Barcelos! Ah, acabou de surgir mais um, fiquei interessadíssimo pelo “4 3 2 1” do autor Paul Austen, vencedor do Man Booker Prize de 2017.

Essa é a minha resposta para a tag dos 50%, grande abraço e até o próximo café!

4 comentários sobre “TAG DOS 50%

  1. Jeniffer Geraldine disse:

    Adoro que no post de 50% tem até declaração hahahahah
    Te perdoo em relação a Elena Ferrante pq Chimamanda e Octávia apareceram com bastante destaque 💖
    Quero muito ler os livros do Victor. Vou incluir nas leituras relax do final de ano. Estou louca para conhecer Paul Aster. Tem esse que vc citou e o Trilogia Nova York.
    Bjão, Luke!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Giulia Rodrigues disse:

    Como o Stephen King consegue publicar tantos livros e não perder a qualidade?? ;3; Adorei o post, agora eu preciso conseguir tempo pra ler esses livros, além dos que eu ainda não terminei/comecei, mas já pus na lista!!!!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Lucas Moreira Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.