CINEMA: WIDOWS (AS VIÚVAS)

Situada na Chicago contemporânea, em meio a um tumulto causado pela morte de uma quadrilha, quatro mulheres sem nada em comum, exceto uma dívida deixada pelas atividades criminosas de deus maridos mortos, tomam o destino em suas próprias mãos e conspiram para forjar um futuro em seus próprios termos. Essa é a premissa de “As Viúvas”, o novo filme do incrível Steve McQueen (“12 Anos de Escravidão” e “Shame”), que conta com um roteiro incrível co-escrito por Gillian Flynn (“Garota Exemplar” e “Objetos Cortantes”), sem contar com atuações maravilhosas de estrelas como Viola fucking Davis.

É engraçado que, todo ano surge um filme DO NADA, que chega para literalmente pisar em todos os filmes lançados durante o ano com muita divulgação, teaser trailer, trailer, trailer estendido e o escambau. Sim, já estou começando o texto dizendo que “As Viúvas” é um dos melhores, senão o melhor, filme que assisti em 2018. Eu preciso assistir “Hunger” de 2008 para poder dizer com todas as letras que Steve McQueen é um diretor e roteirista sem defeitos, mas pelo que vi do trabalho desse homem até agora, posso dizer sem problemas que ele chega bem próximo de ser.

Após a morte de seu marido, a professora e sindicalista Veronica (Viola Davis), é tirada de seu luto por uma ameaça que bate a sua porta. O último esquema de seu falecido marido prejudicou os negócios de um criminoso interessado em vencer uma campanha eleitoral e agora ele quer que Veronica devolva o dinheiro perdido. Rapidamente, a viúva entra em contato com as outras viúvas, cujos maridos integravam a quadrilha de seu falecido, para propor uma união de forças objetivando escapar da herança maldita que seus cônjuges deixaram.

Assim, Veronica, Linda (Michelle Roriguez), Alice (Elizabeth Debicki) e Belle (Cynthia Erivo) são arrancadas do luto e de suas vidas “comuns” para enfrentar um mal que ameaça não só suas vidas, mas de todos aqueles que elas amam.

Linda é uma mulher batalhadora que vê em sua loja de vestidos a oportunidade de criar os filhos de forma digna, seu marido apesar de ganhar muito dinheiro com o crime, gasta na mesma proporção e vive se endividando e comprometendo os ganhos da loja, quando ele morre, Linda é obrigada a arcar com o sustento da família sozinha com o agravante das dívidas deixadas pelo marido e pelo recente anúncio de perigo alertado por Veronica.

Alice foi criada por uma mãe oportunista que lhe ensinou que alpinismo social era a melhor forma de vencer na vida. Educada em um ambiente extremamente tóxico, a personagem passou a assimilar qualquer migalha de carinho ao amor e seu relacionamento com o agora falecido Florek (Jon Bernthal) foi marcado por episódios constantes de violência doméstica e abusos psicológicos. Belle por sua vez, não possui nenhuma relação com o problema dos falecidos ou das viúvas, mas ao se desdobrar em mil mulheres para conseguir sustentar seus dois filhos, se descobre útil para os planos das recém viúvas. Juntas, as mulheres comuns são levadas ao extremo e se utilizam da sororidade para unir forças contra uma ameaça emitente, deixando de lado as diferenças sociais e os problemas pessoais que poderiam colocar tudo a perder.

No meio dessas mulheres incríveis, Daniel Kaluuya dá vida ao capanga Jatemme, que é o personagem mais creppy do universo, o cara aterroriza só com o olhar e é extremamente imprevisível e sádico. Mesmo com suas poucas falas, o ator esbanja talento e merece facilmente um prêmio de ator coadjuvante pelo trabalho desempenhado aqui.

Com um elenco forte, tinindo em atuações incríveis, um clima enervante e misterioso que prende a atenção do telespectador e entrega várias reviravoltas de tirar o fôlego, resultado de um roteiro muito bem escrito que felizmente não é expositivo demais e uma direção linda de Steve McQueen, “As Viúvas” tem muitas chances de abocanhar vários prêmios durante a temporada de premiações cinematográficas que se aproximam, o longa baseado na série homônima dos anos 80 me fez sair do cinema desejando uma sequência pra ontem!

Quantos cafés “As Viúvas” merece?

3 comentários sobre “CINEMA: WIDOWS (AS VIÚVAS)

  1. Gio - Atraídos Pela Leitura disse:

    Estou com muita vontade de assistir a esse filme, mas vai demorar um pouco para isso, pois moro no interior da Bahia e claro, aqui n tem cinema. E a Viola Davis arrasa. Adoro!❤❤❤

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.