LIVRO: EXORCISMOS, AMORES E UMA DOSE DE BLUES – ERIC NOVELLO

“Exorcismos, amores e uma dose de blues” é um livro de alta fantasia escrito pelo autor, tradutor e roteirista Eric Novello e publicado pela Editora Gutenberg em 2014. Esse foi o meu segundo contato com a escrita do autor, anteriormente eu havia lido seu romance fix up “Neon Azul” lançado pela Editora Draco, caso você queira conhecer a escrita do Eric, recomendo que comece por Neon Azul.

Tiago Boanerges é um mago responsável por exorcizar oníricos, seres mágicos que não possuem corpo físico, fugitivos do mundo dos sonhos. O exorcista teve todo o seu prestígio profissional dissolvido quando cometeu um erro em uma missão, onde acabou demitido, sem amigos, com uma doença misteriosa e um coração partido.

A trama nos apresenta a vida de Tiago anos após o erro que lhe custou tudo e sua misteriosa recuperação da doença que deveria tê-lo matado. Agora ele transformou sua má reputação em uma profissão lucrativa e ganhou a amizade de Julia, uma necromante que o ajudou a sair do fundo do poço, porém, o reaparecimento de seu antigo chefe é o que verdadeiramente lhe dá esperanças de reacender na profissão, porém, a missão não será nada fácil, há indícios de que a musa que destruiu sua vida retornou à Libertà, e ele ainda não tem muita certeza se já ganhou imunidade ao sentimento que os uniu durante a melhor e pior fase de sua vida.

Libertà é a metrópole onde a estória se passa, ela é habitada por humanos adormecidos (você aí), despertos (humanos com dons mágicos), feéricos (seres mágicos que não são necessariamente humanos) e os efrites, que são oníricos feitos de fumaça, já os oníricos, vivem no mundo dos sonhos e quando fogem de lá são levados de volta pelos exorcistas. Os oníricos se alimentam da nossa energia e, como não tem corpo físico, possuem corpos de outras raças e constroem com elas uma relação de parasitismo, conferindo habilidades incomuns ao hospedeiro enquanto suga sua energia até que o corpo não lhe sirva mais.

Foi por um onírico que Tiago se apaixonou, a musa parasitava o corpo de uma vocalista e os três formaram uma relação de amor parasitismo por um período de tempo maior do que o recomendado, bem, não que seja recomendado fazer parte de uma relação de parasitismo com quem quer que seja. Devido à sua ligação com a musa, Tiago não conseguiu exorcizá-la do corpo da humana, colocando esta em risco. Foi assim que ele perdeu sua carreira, sua amada inconcebível que fodeu sua vida, sua mente, suas relações e o seu coração no sentido metafórico e literal. Agora que uma nova chance de se redimir surgiu, será que o exorcista conseguirá juntar os cacos, se manter forte e enfrentar a musa, ou se reerguerá apenas para sucumbir aos seus vertiginosos e malignos encantos novamente?

Eu mais uma vez estou apaixonado pela escrita e narrativa do Eric, o mundo criado por ele em Exorcismos é tão interessante quanto o que me foi apresentado em “Neon Azul”. Aqui, os personagens conseguem transitar por realidades e mundos diferentes, utilizando espelhos como portais (o autor já revelou ter se inspirado em obras de Lewis Carroll para construir o universo do livro) e antes de chegar aos seus destinos, todos os portais transitam entre o Entremundos, lugar onde Julia ficou presa e quase perdeu sua sanidade. O Entremundos é uma das coisas mais interessantes e intrigantes que já li em livros de fantasia, eu tive um misto de sensações estranhas toda vez que alguma cena se passava por lá, eram sensações que iam desde o medo, passando pelo encantamento e até mesmo pelo fascínio, um fascínio bem parecido com o que eu tive quando conheci o famoso “Beco Diagonal”, só que aqui o ambiente não era tão aconchegante.

Além de saber criar seu universo muito bem, Eric soube desenvolver todos os seus personagens dentro desse universo e tratar de assuntos fortes de forma leve, bem, estamos falando de um livro que essencialmente conta com um protagonista que teve toda sua vida destruída por uma relação tóxica e a leitura é extremamente prazerosa. Por falar em prazer, algo que me deixou bem feliz é a naturalidade com a qual a sexualidade é tratada no livro, Tiago é bissexual e em nenhum momento essa característica é colocada como a principal característica desse personagem e sim, apenas uma das coisas que formam a pessoa que ele é. Eu não poderia deixar de citar a mão boa que o autor tem para sutilezas, na cena onde é revelado o titulo do livro o personagem sofre uma transformação importante, eu não sei se foi algo de interpretação minha, se estou viajando demais, mas aquela cena específica bateu para mim como uma redenção para o personagem, sem contar que me deixou com um certo calor...

Com um universo bem formulado, personagens cativantes, verossímeis e bem construídos e uma mitologia repleta de elementos interessantes e medonhos, Eric cria um livro de fantasia que é uma das melhores coisas que li no gênero neste ano. Eu me arrependo apenas de ter demorado tanto tempo para ler essa obra, pois perdi várias oportunidades de dizer para o autor pessoalmente o quanto o seu trabalho é incrível, substancial e importante. “Exorcismos, amores e uma dose de blues” possui uma playlist criada pelo próprio autor, é interessante escutar essas músicas, uma vez que elas fazem parte da estória que se relaciona tão bem com a música e, se me cabe o atrevimento de indicar mais uma música para a trilha sonora da sua leitura, a minha dica é “Femme Fatale” do Velvet Underground, pois só conseguia pensar nessa canção quando mencionavam a tal musa.

Caso você tenha gostado das minhas impressões, você pode adquirir o livro pelo link do blog na Amazon.

Quantos cafés “Exorcismos, amores e uma dose de blues” me fez tomar durante a leitura?

Um comentário sobre “LIVRO: EXORCISMOS, AMORES E UMA DOSE DE BLUES – ERIC NOVELLO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.