QUADRINHO: REPETECO – BRYAN LEE O’MALLEY

“Repeteco” ou no original “Seconds” é uma Graphic Novel de Bryan Lee O’Malley, quadrinista canadense famoso pela série “Scott Pilgrim”, publicada em 2014 e lançada aqui no Brasil em 2016 pelo selo de quadrinhos da Companhia das Letras, o Quadrinhos na Cia, em uma edição em brochura com uma excelente tradução de Érico Assis.

Na trama, Katie é uma chef de cozinha talentosa, dona de um restaurante de sucesso e com grandes planos para a vida. De repente, em um único dia ela perde uma grande chance de negócios, sua paquera com um jovem chef de cozinha azeda, sua melhor garçonete se fere na cozinha e o seu ex-namorado charmoso aparece para tirar tudo do lugar e complicar ainda mais sua situação. Quando tudo parece perdido, uma misteriosa garota aparece no meio da noite com a receita perfeita para uma segunda chance. E, assim, Katie ganha um repeteco na vida e precisará lidar com as consequências de suas melhores intenções.

Nesses meus anos de leitor, aprendi duas regras com dois gêneros diferentes: com o horror aprendi que não é muito legal trazer alguém dos mortos, a pessoa nunca volta com todos os parafusos, já com a ficção científica aprendi que manipular o tempo sempre dá confusão. Nessa Graphic Novel não temos problemas advindos da regra do horror, mas temos um grande problema envolvendo a regra da ficção científica, Katie tem a oportunidade de mudar ações passadas para corrigir erros que acredita ter cometido, então, você já pode imaginar a confusão na qual Katie acaba se metendo ao burlar as regras em prol do que ela acredita ser o melhor para o seu futuro.

Com um cogumelo oferecido por Lis, a garota misteriosa, e uma simples anotação em um caderno, Katie resolve todos os seus problemas do dia anterior, problemas solucionados, ela descobre novos desdobramentos para a sua história após ter feito a escolha de reverter ações passadas e, encantada pelas possibilidades de mudar seu passado, a chef de cozinha burla as regras de Lis e passa a alterar suas ações à qualquer sinal de que a vida esta fugindo ao seu controle e tomando rumos indesejados, causando ainda mais desdobramentos problemáticos. Vale dizer que Lis é uma entidade espiritual conhecida como espírito do lar, ela é formada pela energia das pessoas que residem em certo lugar, nesse caso no restaurante de Katie, o Repeteco.

Conforme altera seu passado, Katie inconscientemente vai se transformando ao longo do quadrinho, a chef de restaurante independente e cheia de sonhos perde seu prestigio, sua independência e sua capacidade de priorizar o que deseja ao invés de apenas seguir o caminho que desenham para ela. Nas entrelinhas, O’Malley tece uma crítica sobre o relacionamento abusivo atrelado ao machismo durante a trama, fazendo sua personagem principal despencar de toda sua independência para a dependência total de um homem com o qual pensava ter um futuro melhor, caso tivesse cedido um pouco no passado e não tivesse sido tão focada em perseguir seu sonho, mostrando que por mais clichê que possa parecer, (o autor até mesmo brinca com isso em uma cena hilária) os nossos erros também fazem parte do que somos e que o passado deve ser deixado para trás.

O traço de O’Malley é bem cartunesco, esse quadrinho poderia e deveria ganhar uma adaptação animada. O quadrinista consegue passar sua mensagem de forma sutil, agregando humor às situações nas quais Katie acaba se metendo ao alterar seu passado, constrói personagens extremamente carismáticos, até mesmo os que aparecem pouco movimentam a trama de alguma forma e possuem uma função específica, as cores de Nathan Fairbairn somam muito ao traço do artista e a escolha da paleta de cores me agradou, ela vai mudando junto com a personagem, ora adquirindo tons mais quentes, ora frios e até mesmo ganhando aspectos sombrios quando tudo foge ao controle.

“Repeteco” é um trabalho gráfico bonito e bem feito que se utiliza de um conceito da ficção científica com inserção de elementos exotéricos para falar sobre a nossa constante cogitação de voltar ao tempo para corrigir uma ação que julgamos ter sido incorreta, oferecendo a aceitação como resposta à essa questão universal, trabalhando questões fortes de maneira sutil, mas sem nunca se acovardar, todos nós temos apenas uma vida com tempo extremamente limitado e ficar pensando no que deveríamos ter feito ao invés de seguir em frente, é perder o pouco tempo que ainda resta.

Caso tenha gostado do quadrinho, você pode comprar pelo link do blog na Amazon.

Quantas canecas de café “Repeteco” me fez repetir?

3 comentários sobre “QUADRINHO: REPETECO – BRYAN LEE O’MALLEY

Deixe uma resposta para RODRIGO Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.