CONTO: DODGE – CLARA MADRIGANO

“Dodge” é um conto de mistério e suspense escrito pela jornalista e autora Clara Madrigano e que está sendo lançado hoje na Amazon em formato digital. Eu já havia conhecido a escrita da autora por meio do conto “O Regresso”, parte da antologia “Aqui Quem Fala é da Terra”, mas estes não são os únicos trabalhos publicados por ela, que também lançou a novela “As Boas Damas” em 2017.

Na trama, ambientada numa cidade no interior do Missouri, conhecemos Lita anos após os eventos que a levaram à situação que hoje ela se encontra. Algo aconteceu, uma situação terrível gerou uma outra situação terrível, mas ela não quer contar sua história de forma apressada, ela não quer apenas responder perguntas das quais é questionada com respostas fáceis, pois não há respostas fáceis, não há respostas resumidas, há fatos que precisam ser explicados com calma.

Tudo começou quando seu irmão Stanley encontrou Dodge revirando o lixo, quando sua irmã Kaitlin decidiu ser sua cúmplice ao comunicar a mãe de que aquele era o novo cachorro da família, quando seu padrasto Hank com poucas palavras evitou o surto da matriarca que tratava os filhos com indiferença, o novo caso amoroso com adoração excessiva e o novo integrante da família com resignação. Dodge era um cachorro tranquilo e sereno, seus atributos nada refletiam ao que aquele lar, se é que podemos denominá-lo como tal, era. O carinho, a cumplicidade e o amor incondicional oferecidos por ele, não eram características corriqueiras, não eram traços contidos na genética familiar.

“Por que querem que eu diga que sinto culpa? Eu não sinto.”

Qualquer coisa além disso que eu disser aqui sobre a trama, poderia estragar sua experiência de leitura, afinal, o conto é composto por pouco mais de 10 páginas. O que posso dizer, sem estragar sua experiência, é que Clara Madrigano consegue nessas poucas páginas criar um clima de mistério e suspense intrigante e crescente, onde vai colocando os pingos nos i’s com calma, na hora certa, onde frieza e normalidade se confundem, ou tornam-se uma coisa só através dos relatos de Lita.

Eu me peguei questionando diversas vezes sobre o que teria acontecido com Dodge e depois que essa resposta é conhecida, passei a me questionar sobre os motivos que levaram Lita para aquele lugar, para aquela condição, tendo que responder aquelas perguntas e, de forma surpreendente, a autora segue entregando respostas de forma comedida, sempre consciente de utilizar os elementos certos e informar os acontecimentos na hora apropriada, tornando a leitura extremamente fluída, embora perturbadora de se acompanhar.

“Dodge” é um conto que reflete sobre relações familiares, sobre abuso, privação de afeto, conquista de afeto e perda, tudo isso embrulhado em uma escrita fluída, mas que vai te fazer ler com cautela, com receio do que pode vir a se revelar nas próximas lembranças de Lita, sem dúvida um conto que merece ser lido, escrito por uma autora que espero ver muitas obras lançadas no futuro.

Gostou das minhas impressões? Adquira “Dodge” pelo link do blog na Amazon por um preço bem baixo, ou assine já o serviço Kindle Unlimited e tenha acesso à este e mais de um milhão de eBooks com teste grátis de 30 dias!

Quantos cafés “Dodge” merece?

7 comentários sobre “CONTO: DODGE – CLARA MADRIGANO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.