JULHO NACIONAL: ASSIM NA TERRA COMO EMBAIXO DA TERRA – ANA PAULA MAIA

“Assim na Terra como embaixo da Terra” é o sexto livro publicado pela autora e roteirista carioca Ana Paula Maia e a minha segunda experiência com sua escrita. Lançado em 2017 pela Editora Record, a obra venceu em 2018, ano de publicação do seu livro mais recente “Enterre Seus Mortos”, o Prêmio São Paulo de Literatura na categoria Melhor Romance.

A trama é ambientada em uma Colônia penal isolada que foi construída para ser um modelo de prisão inescapável, contudo, não demora para que o propósito inicial se desvirtue. O histórico de assassinatos e torturas de escravos que já ocorreram naquelas terras e conferiram ao local uma fama de assombrado, faz jus ao que a colônia penal modelo acaba se tornando: um campo de extermínio.

Melquíades é o administrador dessa Colônia penal, temido pelos apenados e por Taborda, seu funcionário remanescente. Famoso por suas práticas questionáveis e humor oscilante, Melquíades aguarda ansiosamente a visita de um oficial que inspecionará a Colônia, que se encontra em estado calamitoso, e conduzirá todos para um outro lugar.

Quando a visita atinge o sétimo dia de atraso e a comunicação com o mundo exterior cessa, a percepção de ter sido largado com os apenados faz com que aos poucos o personagem passe a definhar psicologicamente, tornando-se uma espécie de capitão do mato, torturando seus apenados, caçando-os e assassinando-os ao seu bel prazer, como se todos eles fossem apenas animais disponíveis para o abate.

— Acho que é isso que acontece com a gente num lugar como este. A gente acaba assim, se apegando a qualquer trapo.

A Colônia é um ambiente carcerário cercado por muros muito altos acimados por cercas eletrificadas que cumprem a sua função de manter os cativos isolados do restante do mundo, enquanto as tornozeleiras ativadas com um mecanismo explosivo desencoraja as tentativas de fuga. Com um ar um tanto quanto distópico e curiosamente mesclado a uma atmosfera anacrônica, a história é ambientada nesse lugar sufocante, desesperançoso e desesperador. Antigamente, o lugar era repleto de presos, porém com o tempo esse número foi diminuindo misteriosamente e as terras do local foram se tornando tão áridas, secas e improdutivas quanto as vidas dos apenados.

Ana Paula Maia sabe como ninguém criar personagens instigantes e isso  não é diferente aqui, Valdênio, Bronco Gil, Melquíades e Taborda são personagens incríveis que tiveram suas personalidades moldadas pelo ambiente no qual foram inseridos e essa é uma das poucas coisas que todos eles possuem em comum.

A obra levanta pontos interessantes acerca do abuso de poder, do homem ser fruto do seu ambiente social e principalmente da nossa realidade carcerária. Todos nós sabemos muito bem que o sistema prisional brasileiro é extremamente deficitário, os apenados são amontoados em cubículos em condições desumanas e sem uma ocupação ou um projeto eficaz para reintegração social, quem é preso no Brasil sai da cadeia um pouco pior do que entrou.

“Assim Na Terra Como Embaixo da Terra” é uma obra impressionante em diversos aspectos, muito bem escrita, com personagens bem desenvolvidos, completos, complexos e embrutecidos pela vida. A narrativa é envolvente, instigante, misteriosa e você não vai conseguir largar a leitura enquanto não descobrir o destino da Colônia, de seus apenados e do detestável Melquíades.

Ana Paula Maia se utiliza de sua escrita crua e de seu discurso direto para compôr uma obra poderosa que, com toda a certeza, é merecedora do prêmio que recebeu ano passado. Mais uma vez eu deixo aqui registrado o meu desejo de que livros como estes sejam amplamente divulgados, pois a escrita e as obras de Maia são obrigatórias para qualquer brasileiro que se considere apreciador da arte da literatura.

Gostou das minhas impressões sobre a obra? Adquira seu exemplar de “Assim na Terra como Embaixo da Terra” pelo link do blog na Amazon.

Quantos cafés “Assim na Terra como Embaixo da Terra” merece?

7 comentários sobre “JULHO NACIONAL: ASSIM NA TERRA COMO EMBAIXO DA TERRA – ANA PAULA MAIA

  1. RODRIGO LUCAS disse:

    Eu li Ana Paula Maia e gritei: DEUSA!!! Esse já está na minha lista faz tempo, agora quero ler ainda mais. Já vi ele em livrarias, mas o preço está a exorbitante.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Isa Cereser disse:

    Ah que resenha incrível. Já queria o livro em mãos, não é de hoje que quero ler algo da autora e sua resenha só me deixou com mais vontade.
    Beijão Frô!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Mirosmar Camargo disse:

    Depois que já li uma indicação dela tua, já posso arriscar em outra sem medo né? Adorei essa e já vou correndo para colocar na lista. Por tua causa vou ler outros dela sem dúvida. Lindo ver nacionais brilhando assim. Obrigado por trazer novos autores. 👏🏼👏🏼👏🏼❤️❤️❤️😍

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.