LIVRO: MAR DE AREIAS – ELIZEU CARDOSO

“Mar de Areias” é a mais nova obra do escritor, cantor, compositor, músico e professor maranhense Elizeu Cardoso. Publicada pela Editora Penalux no ano passado, esta é a terceira obra do autor, que já publicou anteriormente “Dias Amarelos” e “A Dança dos Ventos”.

Na trama ambientada em um pequeno povoado pesqueiro, as irmãs Maria Piedade e Piedade Maria decidem sentar no píer do porto para observar os barcos, a observação faz com que memórias sejam resgatadas e as irmãs, já senhorinhas, começam a contar as histórias das pessoas que deram nome às embarcações.

Cada capítulo do livro conta a história de uma embarcação, histórias que são resgatadas da memória e que vão desencadeando novas lembranças de forma ogânica, fazendo com que as irmãs nos contem as histórias de 14 embarcações. Esses mesmos capítulos sempre são encerrados com comentários das duas narradoras que levam o leitor a conhecer o próximo destino no vasto mar de suas lembranças.

O clima da obra é extremamente nostálgico e a escrita do autor é gostosa e fluída de se acompanhar, me lembra momentos nos quais munido de um copo de café com leite quente escutava os causos do meu avô, histórias fantásticas, cheias de personagens curiosos e de um tempo que poderia ter morrido, caso ele não o revivesse ao resgatar suas memórias e passá-las adiante.

As histórias de vida dos personagens dessas prosas são permeadas por fantasia, drama, emoção e diversidade, como as histórias são curtinhas (cerca de eis páginas cada) é difícil falar sobre elas sem revelar muitos detalhes, mas posso dizer que você vai se apaixonar por “Neméias, o barco albino” e um dom incomum de coletar e plantar estrelas, se emocionar com “Ostracino, o barco sem amarras” provando que nem tudo pode ser contido mesmo que a contenção seja uma forma de proteção e ser tocado por “Lucila, o barco cigano” quando descobrir que o amor pode fincar raízes até mesmo em pessoas acostumadas com a inconstância.

“Mar de Areias” é um livro bonito desde a sua capa, criada por Karina Tenório, até sua última frase, as histórias contadas por Maria Piedade e Piedade Maria são envoltas em uma aura quase mágica conferida graças às características oníricas e anacrônicas de suas lembranças, deixando que memória e fantasia se confundam em apenas uma coisa. A prosa de Elizeu Cardoso me conquistou pela sua docilidade, a experiência de ler as histórias desses barcos me transportou imediatamente para os cenários descritos, sem dúvida é um autor e uma obra que você deveria conhecer.

Gostou das minhas impressões de “Mar de Areias”? O livro está disponível para compra na loja virtua da Editora Penalux.

Quantos cafés “Mar de Areias” merece?

Um comentário sobre “LIVRO: MAR DE AREIAS – ELIZEU CARDOSO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.